Jornal da Adufac

capa-jornal-adufac

Acesse o Jornal da Adufac aqui

Publicado em #resistir | Comentários desativados em Jornal da Adufac

Diretoria do ANDES-SN indica rodada de assembleias para discussão da Greve Geral

Data: 09/09/2016

Diante dos desdobramentos da conjuntura que apontam a intensificação dos ataques aos direitos dos trabalhadores, contidos em uma série de medidas em trâmite no Congresso Nacional, e das já anunciadas reformas da Previdência e Trabalhista, a diretoria do ANDES-SN encaminhou uma circular às todas as seções sindicais, indicando uma rodada de assembleias docentes, até dia 21 de setembro, para tratar e deliberar sobre a luta contra o PLP 257/2016, a PEC 241/2016, a Construção da greve geral, com a construção dos comitês de mobilização unificados nas Instituições de Ensino Superior (IES) conforme deliberado no 61º Conad, a Jornada de lutas de 12 a 14 de setembro, os atos nos estados no dia 15 de setembro e a paralisação, com ato nos estados no dia 22/09, indicando na pauta o “Fora Temer”.

Francisco Jacob Paiva, 1º secretário do ANDES-SN, afirma que os docentes das instituições de ensino superior e dos institutos federais já vêm sendo alvos de situações de precarização das condições de trabalho, de aviltamento salarial e de desestruturação da carreira docente, em nível federal, estadual e municipal. No entanto, ressalta que essa realidade tende a piorar.

“Já sentimos há algum tempo as consequências negativas desse processo de ajuste fiscal, que vem sendo feito pelos últimos governos, que usam o discurso da crise econômica para efetivar essas medidas de retirada de direitos e desmonte dos serviços públicos. Isso já estava marcando de forma bastante dura a realidade de trabalho dos professores da base do ANDES-SN. E, com as últimas investidas do governo agora não mais interino de Michel Temer, teremos uma agudização da precarização do trabalho nas universidades e institutos”, alerta.

Jacob Paiva aponta diante desse acirramento do ataque à educação e aos demais serviços públicos e direitos dos trabalhadores faz com que os docentes tenham papel muito importante no sentido formar, com os demais movimentos dentro das universidades – de técnico-administrativos e  estudantes -,  comitês de aprofundamento do debate sobre a greve geral, para que se possa, depois, partir para o debate e construção com conjunto das outras organizações da sociedade. “Esse é o caminho que nos resta. Se nós não conseguirmos fazer acontecer esse processo de mobilização, que culmine numa grande greve geral nesse país, do setor privado e do setor público, nós teremos dias bastante difíceis para a realização do nosso trabalho e para as condições de vida em geral, não só da categoria docente, mas de toda a população brasileira”, afirma.

O diretor do ANDES-SN ressalta ainda que as medidas, como o PLP 257/2016 e a PEC 241/2016 e as reformas trabalhista e previdenciária, têm impacto extremamente negativo para os servidores federais, estaduais e municipais, mas afetam sobremaneira os trabalhadores subempregados, desempregados e a população pobre que precisa, e tem direito, à educação pública e saúde pública. “Então precisamos estar presente internamente, nos processos de mobilização nas universidades, mas também nos dispormos à construir com o conjunto dos Fóruns Estaduais e Comitês e, nacionalmente, para que essa greve aconteça, em defesa do conjunto dos trabalhadores”, reforçou.

Confira aqui a circular.

Fonte: ANDES-SN

Publicado em #resistir | Comentários desativados em Diretoria do ANDES-SN indica rodada de assembleias para discussão da Greve Geral

Ato-Show FORA TEMER!

ato-fora-temer

Publicado em #resistir | Comentários desativados em Ato-Show FORA TEMER!

Convite

monteirinho

Publicado em #resistir | Comentários desativados em Convite

Roda de Conversa

Roda de Conversa Escola Sem Mordaça

Publicado em #resistir | Comentários desativados em Roda de Conversa

Nota de Repúdio

 

A Diretoria da Associação dos Docentes da Universidade Federal do Acre – ADUFAC, Seção Sindical do ANDES – SN, vem a público repudiar os constantes acolhimentos de processos administrativos/sindicância por parte da Administração Superior da UFAC, viciados na origem e/ou carentes de objeto, em desfavor do Professor Gerson Rodrigues de Albuquerque.

Desde o final do ano de 2013, já foram abertos 03 processos administrativos/sindicâncias contra o docente que, ao longo de seus 27 anos de atuação no ensino superior no Acre, sempre se manifestou e divergiu publicamente de prefeitos, reitores, pró-reitores, governadores, secretários, parlamentares e tantos outros dirigentes, expressando sua crítica e pensamento político, garantido pela Constituição Federal promulgada em 1988.

Aliás, convém lembrar, nem mesmo durante o governo de exceção, quando atuava no movimento estudantil secundarista e, posteriormente no movimento estudantil universitário, o Professor Gerson Albuquerque foi alvo de processos dessa natureza cujo principal objetivo é silenciá-lo, na vã tentativa de eliminar a crítica e a pluralidade de ideias, tão fundamentais à manutenção de qualquer gestor público que se auto-intitule democrático.

No ano de 2013, a reitoria da Ufac autorizou a abertura de sindicância contra o referido professor com base em denúncias que circularam em cartas anônimas que, como todos sabem, são vedadas pela Constituição Federal. Cartas essas que “coincidentemente” apareceram no exato contexto em que se produziu um processo de exclusão sumária do referido docente do Curso de Artes Cênicas – Teatro, do qual é docente fundador, impedindo-o de ministrar disciplinas cujas ementas foram elaboradas com sua participação, quando membro da comissão de reformulação do projeto pedagógico curricular.

Na última semana, fomos todos testemunhas do assédio moral e constrangimento público causado pela Administração Superior da UFAC quando publicou, de maneira inusitada, na página PRINCIPAL do site da UFAC, a portaria assinada pela Vice-Reitora Margarida Aquino reabrindo sindicância no âmbito da Comissão Permanente de Processo Administrativo Disciplinar – CPPAD para tratar de denúncias de “improbidade administrativa” do Professor Gerson Albuquerque, enquanto Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Letras: Linguagem e Identidade da UFAC. A própria CPPAD encaminhou, em 20 de junho de 2016, o arquivamento processo tendo em vista que as denúncias levantadas não foram provadas ou nem se configuraram como evidentes infrações disciplinares ou ilícitos penais. Não satisfeito com o Relatório da Comissão de Sindicância, o Reitor Minoru Martins Kinpara assinou despacho em 05 de julho, re-instaurando o processo, cuja portaria foi publicada no dia 21 de julho, não no local de publicação de atos oficiais dessa natureza, mas na página principal de “notícias” do site da instituição.

Os processos administrativos abertos contra o Professor Gerson Albuquerque possuem algo em comum: contam com o suporte da Administração Superior da UFAC que, a despeito do que veda o Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal, regido pelo Decreto nº 1.171, de 22 de junho de 1994, permite “que perseguições, simpatias, antipatias, caprichos, paixões ou interesses de ordem pessoal interfiram no trato com o público, com os jurisdicionados administrativos ou com colegas hierarquicamente superiores ou inferiores”.

A Diretoria da ADUFAC, inspirada no que estabelece o Artigo 5º da Constituição Federal, presta solidariedade ao Professor Gerson Albuquerque e repudia todas as tentativas de, por meio de processos administrativos ou sindicâncias abertas a partir de alegações infundadas, portanto não comprovadas, criminalizar, cercear ou punir o livre exercício da liberdade de pensamento e expressão ou crítica e opinião no interior da Universidade Federal do Acre.

O movimento docente, em todos os seus níveis de ensino, vê com muita preocupação o avanço da “onda conservadora” que busca o pensamento único, acrítico, elitista, fundamentalista e machista, hoje travestida de processos administrativos no interior das instituições do estado e de projetos de leis como a famigerada “lei da mordaça” (PL 867/2015).

A ADUFAC – Seção Sindical do ANDES-SN, somada à Frente Nacional contra o Projeto Escola Sem Partido, um PL que busca pretensamente a “neutralidade do ensino” por meio da proibição do que chamam “doutrinação ideológica” nas escolas, não poderia silenciar diante de ataques ao pleno exercício da liberdade de expressão e da crítica no interior de sua instituição e conclama os (as) docentes da UFAC, militantes de movimentos sociais e artísticos a apoiarem esta nota em defesa de uma universidade plural e promotora do pensamento divergente.

Rio Branco – Acre, 29 de julho de 2016

Prof. José Sávio da Costa Maia

Presidente

OFÍCIO 057-REITORIA

Publicado em #resistir | Comentários desativados em Nota de Repúdio

Resultado Final do Processo Seletivo para contratação de secretária da ADUFAC

A Associação dos Docentes da Universidade Federal do Acre – ADUFAC torna pública a classificação final em ordem crescente do Processo Seletivo, para preenchimento de 01 (uma) vaga à Secretária, desta Seção Sindical, conforme o EDITAL 01/2016.

Resultado Final

Publicado em #resistir | Comentários desativados em Resultado Final do Processo Seletivo para contratação de secretária da ADUFAC

Convocação

Convocação 21.06

Publicado em #resistir | Comentários desativados em Convocação

Convocação dos candidatos classificados para a 2ª etapa do Processo Seletivo para contratação de secretária da ADUFAC

A Associação dos Docentes da Universidade Federal do Acre – ADUFAC torna pública vem convocar as candidatas listadas abaixo para participarem da 2ª. Etapa do Processo de Seletivo, para preenchimento de 01 (uma) vaga à Secretária, desta Seção Sindical. O processo se baseará em entrevista e exame prático de conhecimento específico e acontecerá na Sede da ADUFAC, no dia 23/06/2016 (quinta-feira), nos horários listados respectivamente para cada candidata.

Convocação dos candidatos classificados para a 2ª etapa do Processo

 

Publicado em #resistir | Comentários desativados em Convocação dos candidatos classificados para a 2ª etapa do Processo Seletivo para contratação de secretária da ADUFAC

Edital 01/2016 – Processo Seletivo

Relação dos candidatos classificados para a 2ª etapa do Processo Seletivo para contratação de secretária da ADUFAC.

Resultado

Publicado em #resistir | Comentários desativados em Edital 01/2016 – Processo Seletivo