Professores federais espalham faixas de protesto na Ufac

Na última segunda-feira (7), feriado nacional, professores da Universidade Federal do Acre(Ufac) se reuniram na Associação de Docentes da Ufac (Adufac) para pintar e pendurar faixas de protesto contra postura do reitor, que mesmo após três meses de greve ainda não fez nenhum tipo de negociação com a categoria.

As faixas, que podem ser vistas na reitoria e também no bloco das prós-reitoras acadêmicas e protestam contra “as parcerias público-privadas”, a criminalização da greve, além de mostrar que os professores são contra a PEC 395 e os cortes na área da educação feitos pelo Governo Federal.

A ação será contínua e outras faixas serão colocadas reforçando que a greve continua por tempo indeterminado e cobrando posicionamento da reitoria para a pauta local. A ideia é não deixar que o espaço da universidade fique sem as caracterizações de uma greve e que o visual deixe claro que até o momento nada foi negociado e que a categoria segue firme na luta em defesa do caráter público da universidade, pela reestruturação de carreira e por melhores condições de trabalho.