Adufac participa de seminário sobre a regulamentação de parcerias entre as Universidades Públicas e Empresas privadas

Durante evento foram entregues ao senador Jorge Viana duas cartas abertas contra os PLs 77/2015, 4643/12  e a PEC 395

Assessoria de Comunicação

IMG_2471Nesta segunda-feira (9) foi realizado no auditório da Associação dos Docentes do Acre (Adufac) o seminário, “Aspectos Inovadores em Ciência e Tecnologia do PLC 77/2015”. O projeto de lei visa regulamentar as parcerias entre iniciativa privada e universidades para fomentar a geração de ciência e inovação dentro das Instituições Federais de Ensino.

Relator do projeto dentro do Senado, o representante do Acre Jorge Viana, convidou a diretoria da Adufac – e todos os professores – a participar da discussão e entender um pouco mais sobre o que representaria o projeto, assim como também ouvir as opiniões em relação ao PL.

Durante o evento, o vice-presidente João Lima foi convidado a compor a mesa e agradeceu a disponibilidade do senador em discutir o projeto dentro da universidade. João salientou que um dos direcionamentos mais importantes do Andes-SN é seguir em luta pela defesa da Educação Pública e afinar as relações com políticos locais, IMG_2451auxiliando no processo de esclarecimento sobre os perigos de alguns projetos de lei que estão prestes a serem votados no Congresso Nacional.

“Nós devemos estabelecer uma agenda com a sociedade, com a comunidade acadêmica de modo geral, e também com os parlamentares não só para cobrarmos uma posição sobre as votações deles, mas para que possamos estabelecer com os parlamentares um diálogo aberto e franco em defesa do caráter público da educação”, esclarece.

IMG_2460Após a apresentação elaborada pela equipe do senador, foram abertas as perguntas para o público presente e o professor Moisés Lobão do curso de Engenharia Florestal da UFAC, além de ser membro da diretoria da Adufac, contou suas preocupações em relação ao PL 77, “O grande problema dessa lei ser aprovada, é que o Governo Federal pode deixar de se responsabilizar com o investimento em pesquisa e extensão nas Universidades, já que aliado a esse projeto, existe a PL 4643/2012, que autoriza as instituições federais de ensino superior a instituírem fundos patrimoniais para financiar a pesquisa e extensão, semelhante aos dos demais fundos de investimentos, como o do FUNPRESP, fundo de previdência privada dos servidores Públicos Federais.”

A privatização dentro das universidades foi uma das denúncias apresentadas durante a última greve das Universidades e com o intuito de se posicionar durante o debate, a Adufac entregou a Jorge Viana duas cartas abertas: uma esclarecendo o posicionamento contra a PL 77 e outra também se posicionando contra a PEC 395, outro ataque à gratuidade das instituições federais. “Nós do sindicato estamos entregando às mãos do senador, um pouco da nossa posição como sindicato, retirando o posicionamento com base nas nossas assembleias de greve e no último documento do Andes”, disse Lima.

Leia a carta aberta contra a PL 77 e a carta aberta contra a PEC 395.