Tenda da Unidade no FSM debateu contrarreformas e perspectiva dos trabalhadores

Presente no 16º Fórum Social Mundial, a Tenda da Unidade, recebeu na tarde da quarta-feira (14), o debate “As contrarreformas do governo Temer, crise social e perspectivas para a classe trabalhadora”. A mesa contou com a presença da coordenadora da Associação dos Docentes da Universidade do Estado da Bahia (Aduneb Seção Sindical do ANDES-SN), Zózina Almeida, a diretora da Regional Nordeste III do ANDES-SN, Caroline Lima, a coordenadora geral do Sindjufe-BA, Denise Carneiro, o diretor do Sinasefe Nacional, Luís Antonio Costa, e o representante do Assibge-SN, Cassius Britto.


Nesta sexta-feira (16), às 14h, o ANDES-SN realizará a mesa de redonda “Educação, Ciência e Tecnologia: Por uma alternativa anticapitalista”. Na mesma tarde, às 16h30, em conjunto com as seções sindicais baianas, o Sindicato Nacional fará o lançamento da Frente Nacional em Defesa das Instituições Públicas de Ensino Superior na Bahia. As quatro seções sindicais baianas (Aduneb, Adufs, Adusc e Adusb) marcarão presença na atividade. Com faixas, camisas, panfletos e balões, reforçarão a denúncia do arrocho salarial promovido pelo governo Rui Costa.

A Tenda da Unidade é uma construção de vários sindicatos e entidades da esquerda progressista, que debatem a necessidade de avançar na construção da luta coletiva em defesa da classe trabalhadora, contra as políticas de cortes trabalhistas e sociais do governo Temer, e contra a ofensiva conservadora. No espaço, entre outras atividades, são realizados debates, exibição de vídeos e distribuição de materiais. Participam da Tenda o ANDES-SN, diversas de suas seções sindicais, entre elas a ADUNEB, a CSP-Conlutas, a Auditoria Cidadã da Dívida Pública, o Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe), o Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário Federal na Bahia (Sindjufe-BA), o Sindicato Nacional dos Trabalhadores do IBGE (Assibge-BA) e o Comitê para a Abolição das Dívidas Ilegítimas (CADTM). As atividades acontecem no estacionamento da portaria 1, no campus Ondina da Ufba (veja aqui a programação).

Foto: Mário Júnior / Ascom Sinasefe Nacional
*Com edição do ANDES-SN

 

Fonte: Aduneb SSind.