63º Conad: Docentes atualizam plano de lutas geral do ANDES-SN

Os participantes do 63º Conad do ANDES-SN iniciaram, na tarde desse sábado (30), as atualizações dos planos de lutas do Sindicato Nacional e aprovaram uma série de deliberações que irão orientar a luta da categoria docente no próximo período. A plenária do Tema 2 avaliou o plano de lutas “Educação, Direitos e Organização dos/as trabalhadores/as”.

Temas como o processo de reorganização da classe trabalhadora, a luta contra as contrarreformas do governo ilegítimo de Temer e em defesa da educação pública, as bandeiras democráticas deste ano, a luta contra o uso de agrotóxicos, os direitos sexuais e reprodutivos das mulheres, assuntos de aposentadoria e a luta em defesa da saúde pública e contra a Ebserh, em apoio aos migrantes venezuelanos, pela mobilidade urbana e o direito à cidade, cotas raciais em concursos e na composição do sindicato, o debate sobre universidade popular e o funcionamento dos grupos de trabalho nas seções sindicais foram alguns dos assuntos debatidos pelos delegados e observadores. 

Um dos textos de resolução que provocou maior debate nesta plenária foi o TR 11, que propunha a atualização sobre o posicionamento do Sindicato Nacional frente a caracterização do processo que levou ao impeachment de Dilma Rousseff.

O texto foi apresentado por docentes da base, e chegou ao plenário com a proposta de modificação no item 1 “caracterizar o impedimento da presidente Dilma Rousseff, em 2016, e o processo anterior e posterior, como um golpe institucional, organizado por parte de seus aliados através de uma ofensiva jurídico-parlamentar-patronal-midiática; fruto das contradições dos governos de conciliação de classe” e no item 2, “incentivar as seções sindicais a construírem comitês de luta pela democracia em defesa da Universidade, contra as reformas do governo de Michel Temer e pela construção da greve geral”, ambas apresentadas pela diretoria do Sindicato Nacional aos grupos de trabalho.

O encaminhamento da mesa foi abertura de inscrições para debate e depois duas falas: uma para defender a manutenção do texto, com possibilidade de alteração e outro a supressão do texto, proposta que foi aprovada em um dos grupos de trabalho.

As manifestações dos 22 delegados e observadores que se inscreveram foram garantidas e, após as duas falas de defesas, a supressão do texto foi vencedora em uma votação apertada: 30 votos pela supressão, 27 pela manutenção com possibilidade de modificação e nenhuma abstenção.

Os debates do tema II ocuparam todo o sábado, restando ainda três textos de resolução para serem votados, que foram remetidos para a plenária deste domingo. As votações para atualização desse tema encerram já no final da manhã do último dia do 63º Conad.

Reginaldo Araújo, diretor do ANDES-SN que coordenou a mesa desse tema, apontou algumas das deliberações. “O Conad tem a tarefa de atualizar o nosso plano de lutas, e essa mesa trouxe algumas discussões nesse campo, como por exemplo o uso do agrotóxico que está avançando no Congresso Nacional”, explicou.

Araújo destacou ainda o debate feito em relação aos venezuelanos, em especial, os que estão em Roraima, sobre as condições de precariedade daqueles trabalhadores e a tarefa que o ANDES-SN tem para com aqueles trabalhadores e a tentativa de construir, junto com a CSP-Conlutas, ações de solidariedade para com aquele povo.

O diretor do ANDES-SN pontuou ainda o debate sobre o TR 11 e a discussão sobre a caracterização do processo que levou ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. “Debatemos, novamente no plenário, algo que já fizemos nos últimos quatro fóruns deliberativos do ANDES-SN, a questão de como nós caracterizamos esse processo de impedimento da presidente Dilma. Foi uma discussão bastante salutar. Como sempre, é um debate com muita emoção, porque os companheiros colocam seus posicionamentos, quase sempre trabalhados e amadurecidos nas bases”, concluiu Araújo.

Confira a cobertura fotográfica do 63º Conad na página do ANDES-SN no facebook: https://www.facebook.com/andessn/

Leia também:

Tem início, em Fortaleza (CE), o 63º Conad

Funcionária do ANDES-SN, Fátima é homenageada na abertura do Conad 

ANDES-SN lança publicações durante o 63° Conad

Plenária debate conjuntura e aponta necessidade de unidade para ampliar a luta

Confira ainda os Informandes Especiais do 63º Conad

 

 

Fonte: ANDES-SN